segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Sucky, sucky? Ten dolla

Sou só eu que acho que os Callippo são um guilty pleasure para os homens?

Digo isto porque ontem à hora do almoço vi um adulto do sexo masculino a comer um e constatei que foi, talvez um evento inédito.

Não acredito que haja uma dada altura na vida em que os homens deixam simplesmente de gostar desse gelado - tipo, brincar com carrinhos é de puto.

No feminino, o consumo deste gelado é até incentivado e chega a ser considerado sexy.

No caso dos homens, a única forma digna de comer este refrescante prazer é à dentada - porque homem que é Homem, não sofre de sensibilidade dentária, nem tem brain freezes, que essas cenas são para panisgas...

Não se coíbam, da mesma forma que não me coíbo de usar uma t-shirt com o slogan "leite é juventude" estampado no peito.

E perguntam vocês em primeiro lugar como raio arranjei eu uma t-shirt com esta ode à imaginação.

E eu respondo, era miúda, estava aborrecida na praia, haviam actividades e eu aparentemente era a melhor dançarina da Macarena a participar (o já lendário movimento de anca, em algumas situações inebriante, noutras deveras doloroso.

Devo acrescentar que cheguei a usa-la algumas vezes, nas primeiras vezes fui gozada, nas vezes seguintes, passei a encontrar-me estranhamente rodeada de gajos - há que acrescentar que entre utilizações, o factor alterado foi o meu número de copa. Coincidência?

Talvez...

Como esse tipo de coisas não são para mim, pus a t-shirt de lado, passei a usar uma coquilha debaixo das calças, deixei de fazer o bigode e passei a vestir-me de marujo, chegando à imagem que hoje tão bem me caracteriza.

Devo dizer que hoje em dia sou bastante mais feliz, como o ganda maluco que bebe vinho como se não houvesse amanhã, arrota que nem um porco e que é mestre em piadas de "mau gosto", em vez da gaja do "leite é juventude".

Porque a quantidade de palavras que nos descrevem são tudo, e nesse caso, tenho agora 19 palavras mais de personalidade.Talk about upgrade!

Agora a moral da história: comam os Callippos que queiram, mantenham-se é afastados dos Mini Milk

25 comentários:

Nawita disse...

CBlues,

Gostei muito de te ler!

Em relação ao callippo tens razão. Os homens comem os gelados e doces no mínimo de dentadas possíveis.
Mas olha que não gosto de ver um homem a comer callippo, nem mini milk, nem cornetto. Sobretudo quando o comem de forma “sensual” a olhar para uma mulher. Mete medo, muito medo.

Bebes vinho e arrotas? Bela vida… e sabes assobiar?


(tinhas a porta aberta...)

A disse...

espera lá... como é que tu conseguiste fazer aquilo!? aquela cena de mudar o tema da conversa e parecer que estava tudo bem?

bem, avançando, é engraçado que refiras isso dos callipos. tudo se trata de um ritual de passagem, tal como tu quando chegaste à puberdade a t-shirt mudou a mensagem que passava, também o callipo muda de "delicioso gelado em 3 sabores artificiais algo semelhantes a fruta" para "delicioso pénis!". porque ao fim ao cabo está tudo nas hormonas, e se não dermos ouvidos às nossas hormonas acabamos postos de parte da corrida evolucionária.

ps: os que os comem às dentadas escusam de o continuar a fazer, todos sabemos o que sois. saiam do armário e poupem-se de muita chatice.

AD disse...

Compreendes que agora passarei a pensar em ti como sendo o Happy Tom, não é?

Gata das Botas disse...

Wow, AD, que visão do Demo! Prefiro pensar na Cblues mais como o Popeye.

CBlues, aproveitei que abriste a porta à Nawita e fui entrando. Antes do Callipo havia outro gelado cujo slogan era "para cima, para baixo", lembram-se? Vinha num copo, tinha um pauzinho e por baixo para empurrar e comia-se da mesma forma. Só que em vez de ser de gelo com sabor a fruta era de leite e morango... O efeito nos homens era exactamente o mesmo... Bem, isto tudo para dizer que eu nunca vi um homem comer um Callipo em público. Acho, até, que eles se escondem quando o querem fazer (e fazem-no, não fazem?), para que a sua virilidade não seja posta em causa. Já no que aos mini magnum diz respeito, é vê-los a meter aos dois e três de cada vez na boca (epá, e minimilk era o gelado que eu dava ao meu cão, não consigo ver ninguém a comer um sem me lembrar dissso...).

CBlues disse...

Sejam bem vindas minhas caras :)

Sei bem o que queres dizer Nawita...Aquele olhar lâguido de "sabes que esta lingua fazia maravilhas, não sabes?"

Sei assobiar, sim senhora! E fazer o som de peidos com os sovacos também.

CBlues disse...

A, a arte de conseguir iludir os outros, de maneira a que coisas que não têm nada a ver, pareçam fazer sentido juntas, está genéticamente codificado em nós, da mesma forma que está codificado o gostar de sapatos. Nunca viste por aí camionas descalças, pois não? - facto!

tiagugrilu disse...

Eu sempre soube que o outro gajo era tarado, mas isto!? Oh não... As pessoas com quem me dou na Net...

CBlues disse...

Ad, prefiro um look mais tradicionalista. Esta foi tirada no dia da minha primeira comunhão.

CBlues disse...

Gata, não me lembro desse gelado, mas pela descrição devia ser bem panisgas também. De certeza que esse tipo de slogans é criado por pessoal que perdeu o seu lugar na indústria do amor, só para relembrar os bons velhos tempos.

A disse...

foste tu que fizeste o discurso?

CBlues disse...

Tiago, sempre soubeste que eramos pessoas muito especiais, nunca te tinhamos dito é que o Grassa, não se chama de facto Ricardo Jorge, é uma homenagem ao sítio onde moramos (na mesma cela).

CBlues disse...

Tem piada perguntares isso A...Não, aqui estava a aquecer o público para o que se passou e que ainda hoje é relembrado pelos mais antigos membros do Sagrado Coração de Cristo...Descobri o toque de anca que anos mais tarde viria a fazer maravilhas na Macarena, infelizmente nunca mais vi aquele fatinho...

grassa disse...

Lembro-me dessa camisa.

Fui eu que te escrevi o "Leite é juventude".
A leite.
Com o meu leite.
Na nossa juventude.

Nawita disse...

CBlues,

é isso tudo, no outro dia estava numa esplanada e um tipo fez-me isso. mas porquê? Alguém devia dizer-lhes que aquilo é nojento.
Epá o fatinho está giro, agora a meia de desporto até ao joelho é que não!

gimbras.nofuturo.com disse...

Lol, "panisgas".

Miúda, se não tivesses buço, arrotasses e mandasses bocas porcas, era a gaja ideal. Principalmente, vestida com essa t-shirt magnífica e a comer o belo do geladinho.

CBlues disse...

Sempre foste muito artístico. Foi com esse tipo de coisas que me conquistaste...
Com isso e com a ameaça de assassinares toda a minha família até aos parentes de 3º grau se não te aceitasse na minha vida.

CBlues disse...

Nawita,

nesse dia tinham-se-me acabado as meias das raquetes lavadas e tive que levar mesmo as peúgas de corrida do meu avô, mas tirando isso, foi um dia inesquecível.

CBlues disse...

Gimbras,

sabes que estou na brincadeira. Eu na realidade não tenho buço, é um bigode preto farfalhudo que faz pendant com a carpete peitoral que envergo.

A disse...

desenvolvimentos incríveis em conta-me outra estória

grassa disse...

Pá, alguém sabe alguma coisa desta gaja?

Se eu soubesse onde andas, CBlues, ia aí dar-te um belo de um sermão...

A disse...

concordo! isto não é blogue que se apresente às visitas.

grassa disse...

Saudades.
Tuas.

CBlues disse...

Também tenho saudades vossas meus caros, infelizmente estou num novo cliente ainda mais ditador que o anterior. Prometo que vou tentar postar qualquer coisa, embora não possa estar por cá para a converseta. Até já?

grassa disse...

Até logo.

E ai de ti que eu chegue e o jantar não esteja na mesa.

tiagugrilu disse...

Sim. E que...

Ah, não.