segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Baby Boom

Não sei se fui a única pessoa que se apercebeu disto mas este fim de semana constatei que há uma enorme quantidade de grávidas em fim de tempo de gestação e de recém-nascidos.

A sensação que tenho é que tinham os putos guardados no congelador e neste fim de semana resolveram descongela-los para os trazer à rua mascarados de frutas tropicais ou de pocoyo (sim, apesar de tentar activamente, não consigo ignorar a totalidade das conversas dos meus colegas com crianças pequenas...)

Das duas, uma: Ou no mês de Junho andou tudo on fire, ou então, a escolha de idomentária carnavaleira para adultos do sexo feminino não se revelou muito original este ano.

15 comentários:

tiagugrilu disse...

O que é um pocoyo?

- É verdade, isso de terem nascido putos como cogumelos. Este fim de semana, fui beber café à Ericeira e juro que havia mais c'ás mães.

CBlues disse...

http://jsp.pocoyo.com/v2/menu/wallpapers/download/pocoyo_16_1024x768.jpg

O pokoyo é o bonequito azul...

Guess what? Hoje temos cá criançada no escritório. A minha concentração agradece...

grassa disse...

Adoro os pais que levam os filhos para o local de trabalho!

Quase tanto como adoro esfregar os meus cotovelos em lixa.

CBlues disse...

...ou fazer cortes de papel entre os dedos e depois mergulha-los em sumo de limão...

tiagugrilu disse...

Ou escorregar todo nu num corrimão chaeio de lâminas de barbear e cair num alguidar cheio de álcool.

Canuca disse...

Acho que andou tudo "on fire" e n teve cuidado com a mangueira lol...desde dia 28/01 que 3 amigas minhas tiveram criancinhas, acho que eram criancinhas, pelo menos gritavam como tal lol...
O que me faz confusão não é bem trazerem as criancinhas para o trabalho, até porque aqui não dá (felizmente), mas faz-me alguma comichão, cada vez que uma criança deita uma lágrima, é mais uma baixa e quem não tem filhos é que se lixa.

A disse...

junho, julho e agosto é a época do cio da espécie humana. mas não lhe chamam isso, chamam-lhe romance de verão.

A disse...

ah, eu já falei nisto, num post antigo meu... podia colocar aqui um linque mas acho que não era bonito da minha parte.

CBlues disse...

A minha convivência com crianças é um pouco indefinida. Normalmente gosto de putos terroristas - identifico-me (ainda hoje sou referida como uma das crianças terror por muitos amigos dos meus pais). Aqueles que sentas num sofá e babam até tombarem para o lado aborrecem-me, até porque não reagem se lhes atirar chinelos de um sítio escondido. Por outro lado, os terroristas são um desafio à nossa energia e requerem sempre atenção. Ah, e não suporto birras. "queres chorar no chão? Fine! fica praí que eu já volto". Resulta sempre.

CBlues disse...

A, essa altura é propícia porque normalmente o pessoal está de férias, a roupa é mais piquena, e as noites são quentes - para ficar all night long...
Ainda bem que não puseste o linque, porque aqui não é o da Joana...

A disse...

e porque é a época do cio... isso apenas faz parte da corte. como os babuínos que ficam com as nádegas rosadas.

CBlues disse...

Lool, a fricção é uma cena tramada...A babuinagem nunca ouviu falar de vaselina.

Infelizmente a educação sexual nas escolas é muito técnica e não ensina nada de prático com utilidade na vida futura.

tiagugrilu disse...

Ya, já para não falar da elevada taxa de abstinência escolar dos babuínos...

gimbras.nofuturo.com disse...

Reparei também no aumento da natalidade e gravidezes em tempo de crise. Na falta de comida na mesa... eeerr...

CBlues disse...

Faz parte do plano de contenção de despesas. Poucas na luz fazendo outras actividades. A longo prazo, o barato sai caro :D