segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Um vídeo vale mais que (quantidade de imagens*1000) palavras

Os comentários a posts podem ser eles próprios posts, neste caso não é nada disso, mas mesmo assim achei que deveria ser dito.

Muitas vezes a preciosidade das conversas que são tidas na apertada mas confortável caixa de comentários, fazem as nossas mentes fervilhar.

Tive a ideia para este post porque se falou de uma música que me irrita profundamente, depois, como falo sozinha, dissertei para os meus colchetes e acabei a viajar no dorso macio deste animal de olhar meigo:

Depois, sacudi as calças e voltei aqui para a minha secretária e vim escrever isto.

Sim, é essa a razão porque às vezes estou out muitas vezes.

Bem, voltando a um discurso de pessoa sem problemas mentais que sou.

Estava a falar do Bob Sinclar, já repararam como ele usa sempre putos nos videoclips? Normalmente essas músicas têm vídeos tão mais entertaining.

O último que vi foi no sábado à noite num bar, a televisão estava sem som, mas também para quê? Era um clip de gajas em roupa interior a jogar à bola num campo cheio de lama. É mesmerizante, agradável.

Compreendo perfeitamente o sentimento. Tinha colegas na faculdade que viam videoclips da Britneyzinha sem som (antes de ela se tornar uma red neck com uma prol de red necksinhos e se casar com um dançarino/rapper falhado - era só uma red neck papável).

Naquele bar apercebi-me que todos olhavam com ar agradado para a televisão - todos menos as namoradas. Já sentiram isto?

Sim, elas são todas boas - é suposto - não compreendo o ar incomodado.

O corpo de mulher é tão mais agradável de se ver que o de um homem! É verdade.

Na sexta feira estive a ver um livro de nus artísticos e pensei para comigo "se fosse uma mulher era sexy. Homens vestidos de camponeses a urinar para um canteiro de girassois, não..."

Não me levem a mal, mas a não ser que esteja numa onda de cães de raça, não me agrada pensar em sharpeis quando olho para um corpo desnudado de homem.

Os animais não são para isso. Pessoal doente!

12 comentários:

tiagugrilu disse...

Pra começar: um dos meus medos de criança era precisamente aquele coiso gigante e felpudo que tens na foto. Isso e os pequenos póneis. Cheguei a ter pesadelos em que os pequenos poneis me perseguiam montados no monstro com ar de simpático mas que no fundo era um assassino que eu bem sei.

- Quanto a corpos e fotografia, é inegável a maior beleza do corpo feminino. E qualquer fotógrafo mais ou menos talentoso sabe que a luz e as formas do corpo feminino, se bem conjugadas, podem dar origem a Arte.

Também podem dar origem a pornografia, ou simplesmente a fotos de mau gosto, como muitas deste site (olhares.com) onde está a decorrer um concurso para poderes ser o fotógrafo que tira fotos à gaja da capa do próximo mÊs.

Ui, nem posso esperar...

A disse...

uma coisa que nunca percebi na história interminável era exactamente sobre esta personagem. fazia-me impressão como é que um cão dragão que conseguia voar, era incapaz de manter a cabeça acima do chão sempre que estava parado... seria para o enquadramento?

as mulheres são mais bonitas sim, qualquer uma, na minha escala batem qualquer homem.

Anônimo disse...

Não sei... o coiso dos Tokio Hotel é bem fofinho...

tiagugrilu disse...

E o filho do Néné também é giro.

annaponto. disse...

esse animal é do história interminável ou lá como se chamava, não era?

vi isso tantas vezes...

CBlues disse...

Tiago, como é possível os pequenos póneis e o cão dragão estarem entre os teus medos infantis, quando existiam os ursinhos carinhosos, esses bad asses, um gang de ursos com tatuagens na barriga, que atacavam as pessoas com cenas de luz que lhes saíam da barriga? Ou até mesmo esse génio de mal - o Badaró?

Quanto à fotografia, estou certa que conseguirás distinguir-te com material pornográfico da mais fina nata e arrecadar vitorioso o prémio (que suponho ser um magnífico falo dourado).

CBlues disse...

A, o cão dragão tem aquela condição que se chama cabeça de água. Nunca reparaste como a cabeça era comparativamente com o corpo bastante mais volumosa?

Nem todas as mulheres batem qualquer homem, para isso é necessário que ele esteja de bom humor e praí virado.

CBlues disse...

Anonymous, o coiso dos Tokyo Hotel é isso mesmo - coiso. A primeira vez que o vi pensei que fosse só uma tipa feia que se maquilhava demais e que fazia a mise num cabeleireiro mau do Martim Moniz. Depois descobri que era um coiso e que as pitas gostariam muito de se meter nas roupas dele - literalmente - não se vêm por cá calças de cintura descaída daquelas.

CBlues disse...

O filho do Néné, é um big no-no

CBlues disse...

Ana, é o bicharoco do filme sim, apesar de ter o ter visto várias vezes, não consigo lembrar-me do nome, mas há algo de reconfortante nele, quase como se fosse um peluche gigante. Nos dias que correm só mesmo se arranjasse um Tony Ramos com mais de 1,70m :D

tiagugrilu disse...

Tenho mais medo do Tony Ramos do que do cão gigante.

Sabiam que o Tony Ramos já não tem o tapete ?

Depilou-se todo. Deve ter estragado uns 43 lasers.

CBlues disse...

O pêlo que lhe tiraram deu para tricotar 40 camisolas para um país subdesenvolvido.