sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Carnavais

Tenho o sonho de me mascarar um dia de prato de caracóis ou de alheira de caça, mas acabo sempre para deixar para o ano seguinte.

É preciso preparação como o carnaval do brasil e eu faço sempre tudo em cima da hora.

É que se vou fazer a coisa, é bom que seja como deve ser. As doses têm de ser bem aviadas, que não sou cá unhas de fome.

Estive a fazer umas maquetes e tenho a certeza que arrecadarei todos os prémios disponíveis.

Acho mesmo que é possível que ganhe um óscar ao interpretar o drama da segregação social devido às minhas origens humildes, num mundo dominado por alheiras de mirandela.

Mas lá terá que ficar para o ano...


6 comentários:

A disse...

este ano estava a pensar em ir disfarçado de solidão, mas tenho medo de que não me deixem entrar nas festas.

grassa disse...

Eu adorava disfarçar-me de gémeo siamês.

Algum interessado?

CBlues disse...

É possível que não te deixassem mesmo entrar, ainda te confundiam com depressão e depois não havia paciência de barman que aguentasse.

CBlues disse...

Alinhava nessa do gémeo siamês mas só se fosse daqueles colados pela cabeça, vá, no pior dos casos, unidos pela bacia.

tiagugrilu disse...

Eu quero ver se recupero da minha enfermidade a tempo de comprar uns óculos com nariz e bigode, uma peruca e uma touca da piscina.

Vou mascarado de PAI DO MICHAEL KNIGHT / PHELPS / CARREIRA / ETC.

gimbras.nofuturo.com disse...

Lol.